tendências de ecommerce

4 tendências de e-commerce para 2022! Saiba aqui

Os hábitos de consumo mudam constantemente. Assim, é fundamental que empresários estejam atentos a essas transformações para permanecerem no mercado e, claro, progredir. Nos últimos dois anos, por exemplo, foi possível observar a ascensão do comércio eletrônico e, portanto, é imprescindível ficar de olho nas tendências de e-commerce.

Até porque, segundo uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, 70% dos consumidores desejam continuar comprando pela internet. Dessa forma, as empresas que não investem e desconhecem as tendências do mercado virtual podem deixar de atender um número expressivo de clientes.

Para ficar por dentro dessa nova realidade, confira 4 tendências de e-commerce:

1 – Omnichannel: canais de comunicação integrados

Para compreender o que é omnichannel, vamos explicar primeiro o significado desta palavra. O prefixo “omni” se refere a “todos”, enquanto “channel” significa “canal”. Assim, chegamos a conclusão de que estamos falando de “todos os canais”. De forma genérica é isso mesmo. Trata-se de uma estratégia na qual a empresa marca presença em diversos meios de comunicação com o cliente e de forma integrada.

Para ficar mais claro é quando o consumidor vai até uma loja física, por exemplo, e consegue consultar pelo aplicativo da empresa se tais produtos estão disponíveis, experimentar e agendar a entrega em casa. Essa interação entre os múltiplos canais pode acontecer também quando o cliente entra em contato por e-mail e, ao acionar o chat online, não precisa explicar tudo novamente.

2 – Recommerce também está entre as tendências de e-commerce:

O recommerce é outra tendência que merece atenção. Em resumo é colocar um produto novamente no mercado, ou seja, trata-se de compra e venda online dos itens de “segunda mão”. Já existem exemplos bem-sucedidos nesse sentido, como o marketplace Enjoei, no qual as pessoas se cadastram para comercializar aquilo que não utilizam mais, mas ainda segue em bom estado para o uso.

Esse tipo de comércio virtual é uma tendência porque, de certa forma, ajuda a diminuir impactos negativos no meio ambiente. Afinal reduz o descarte de produtos que ainda não chegaram ao fim de sua vida útil. Além disso, é uma maneira de aumentar as vendas, já que esses itens terão um preço mais atrativo em relação aos novos.

3 – Entrega em prazo cada vez mais curto

O imediatismo é uma marca desse novo tempo, em que mensagens instantâneas apitam a todo momento nos telefones celulares. Assim, essa tendência que apresentamos aqui é quase uma realidade consolidada. Isso porque muitos consumidores preferem pagar até mais caro pela entrega para ter o seu produto em casa o quanto antes.

Dessa maneira é fundamental que os empresários invistam em sistemas capazes de otimizar a logística de entrega dos produtos. Um exemplo de inovação nesse sentido é que já existem empresas utilizando drones para diminuir o tempo de espera do cliente.

Importante: embora o tempo seja uma questão para muitos clientes, vale ressaltar que existem aqueles que optam pelo frete econômico. Assim, levam mais em consideração o valor do que o prazo e, portanto, essa também é uma das tendências de e-commerce

4 – Meios de pagamento instantâneos também estão virando uma preferência

Não faz tanto tempo os principais meios de pagamento para compras na internet se dividiam entre: cartão de crédito e boleto bancário. A questão é que no segundo caso a aprovação da compra costuma levar cerca de três dias úteis e só depois deste período a empresa inicia o processo de entrega.

Com pressa para receber o produto, os clientes passaram a demandar outras formas de saldar a compra. É aí que entram os pagamentos instantâneos. Assim como o prazo de entrega mais rápido essa é uma tendência quase que realidade, ainda mais com a chegada do PIX.

Diversos ecommerces já oferecem a opção, gerando códigos de barra para o cliente copiar e colocar em seu aplicativo do banco. Efetuado o pagamento, em questão de segundos, o consumidor já recebe a aprovação da sua compra.

O número de pessoas que compram pela internet cresce ano e ano e por isso a importância das empresas estarem de olho nas tendências de e-commerce. Como mostramos há algumas estratégias sendo adotadas sempre com o intuito de atender as demandas do consumidor e ofertar a melhor experiência possível. Vale ressaltar que nesse processo de compra e venda, os clientes também esperam receber os produtos da mesma forma que visualizaram na loja e, nesse sentido, as embalagens são fundamentais.

Depois dessa leitura, saiba mais sobre embalagens para o seu e-commerce no nosso Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.